aniversario-10anos-ampv

AMPV comemora 10º aniversário com uma Gala no dia 30 de abril, no Centro Cultural do Cartaxo

  • Entrega dos Prémios Prestígio será um dos pontos altos de uma noite que convoca à união, à celebração e ao reconhecimento de todos aqueles que acreditam no futuro da AMPV e contribuem para o seu cresciment0
  • Federação Minha Terra e Manuel Goulart Serpa são a Entidade e a Personalidade que a AMPV irá distinguir com o Prémio Prestígio

Foi a 30 de abril de 2007, no Cartaxo, que nasceu a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV). Dez anos depois, será no mesmo dia e no local onde tomou posse a primeira direção da associação, o Centro Cultural do Cartaxo, que irá decorrer a Gala comemorativa do 10º aniversário, a partir das 21h00.

A AMPV quer fazer da noite de 30 de abril um grande momento de celebração e para brindar ao crescimento e à afirmação da associação, estarão os seus 76 municípios associados, entidades parceiras, representantes do turismo, do setor do vinho, entre muitos outros.

Entre homenagens aos municípios fundadores, presidentes de Câmara associados que já terminaram ou vão este ano terminar o seu mandato, prémios do Concurso La Selezione del Sindaco 2016 ou a assinatura do protocolo entre as Cidades do Vinho, um dos momentos mais aguardados da noite será a entrega dos Prémios Prestígio — Entidade e Personalidade do Ano 2016, que vão distinguir Manuel Goulart Serpa, uma das principais personalidades responsáveis pela classificação da Paisagem da Cultura da Vinha e do Pico como Património Mundial da UNESCO, e a Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local, pelo intenso trabalho em prol do desenvolvimento dos espaços rurais.

PERSONALIDADE DO ANO 2016 — MANUEL GOULART SERPA

Natural do Pico, onde nasceu em 1940, Manuel Goulart Serpa foi sempre um grande defensor da paisagem e das tradições da sua terra. Formado em teologia, exerceu funções eclesiásticas durante 12 anos, foi professor ao longo de três décadas e foi deputado na Assembleia Legislativa dos Açores, de 1984 até 2000. Confessa-se um apaixonado pela ilha do Pico e a ele  muito se deve a classificação da Paisagem da Cultura da Vinha do Pico como Património Mundial da Unesco, em 2004. Uma paisagem única, caracterizada pelos milhares de muros de pedra construídos pelo homem para proteger as videiras dos ventos fortes do Atlântico. Manuel Serpa é também autor de dois livros: “Bom Combate”, que reúne artigos de índole eclesiástica, e “Da Pedra se Fez Vinho”, uma homenagem ao árduo trabalho dos homens e mulheres que fizeram nascer as vinhas nos solos vulcânicos da Ilha do Pico.

ENTIDADE DO ANO 2016 — FEDERAÇÃO MINHA TERRA

MINHA TERRA – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local foi constituída em 2000, por iniciativa de um grupo alargado de Associações de Desenvolvimento Local. Entidade privada de interesse público e sem fins lucrativos, constitui uma rede que desenvolve um vasto trabalho conjunto no desenho e implementação de soluções e intervenções em prol do desenvolvimento dos espaços rurais nacionais.

A Federação representa e defende os interesses das Associações de Desenvolvimento Local gestoras da Abordagem LEADER / Desenvolvimento Local de Base Comunitária, nomeadamente através do acompanhamento e monitorização das políticas públicas de apoio ao desenvolvimento local e à coesão territorial; apoio e execução de projetos, programas e iniciativas nas áreas do desenvolvimento local e rural, qualificação, formação profissional e investigação, entre muitas outras ações.

PRÉMIOS PRESTÍGIO ATRIBUÍDOS DESDE O 1º ANIVERSÁRIO SERÃO EVOCADOS NA GALA

Os Prémios Prestígio surgiram logo na comemoração do 1º aniversário da AMPV e desde essa altura, todos os anos a AMPV distingue entidades e personalidades num gesto de reconhecimento e valorização do trabalho desenvolvido nas áreas do vinho, turismo e mundo rural.

As entidades e personalidades que já receberam os Prémios Prestígio da AMPV e que vão ser também evocados na gala são os seguintes:

Entidades — Museu de Alcobaça, INIAV Pólo Dois Portos, União Cooperativa Viniverde, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Instituto Superior de Agronomia, Instituto do Vinho e da Vinha, Associação Empresarial de Portugal, Associação das Rotas do Vinho de Portugal e Associação Portuguesa de Enologia.

Personalidades — Chefe Silva, João Carvalho Ghira, Antero Martins, Luis Lopes, Francisco Sampaio, Manuel Novaes Cabral, Virgílio Loureiro, Mário Louro e Vasco d’Avillez.

manue-serpavinha-pico-patrimonio-UNESCO

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *