500 crianças participaram no Congresso “Cientistas de Palmo e Meio”

A 1ª Edição do Congresso “Cientistas de Palmo e Meio” realizou-se ontem, dia 08 de outubro, em Alcanede, na presença de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Inês Barroso, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Maria João Gomez, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Vereadores das Câmara Municipais de Torres Novas e de Porto de Mós, Manuel Joaquim Vieira, Presidente da Junta de Freguesia de Alcanede, Helena Vieira, Diretora do Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, Adélia Esteves, Diretora do Agrupamento de Escolas Sá da Bandeira, Margarida da Franca, Diretora do Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, Nuno Banza, Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), entre outros.

No âmbito das comemorações dos 40 anos do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC), 500 crianças dos 5 aos 12 anos apresentaram e debateram projetos de Ciência e de Educação Ambiental que resultaram de trabalhos de índole pedagógica e científica, desenvolvidos no meio escolar. “A Pedra – do Passado ao Futuro”, “Abelhas Saudáveis sem Pesticidas”, “Ciência em Movimento”, “Ciência no Pátio – Projeto OSOS”, “Predação Jurássica”, “Aprender fazendo com MICROBIT” e “Algar, um Laboratório Vivo” foram os trabalhos apresentados pelos pequenos cientistas dos concelhos limítrofes do PNSAC e do concelho de Santarém.

Ao envolver os alunos das várias faixas etárias neste evento, pretendeu-se cativar, educar e criar cidadãos críticos e ativos, capazes de defenderem e compreenderem o mundo que os rodeia, assim como estimular o interesse das camadas juvenis para a investigação científica e para a conservação da natureza.

Tal como qualquer congresso científico, houve um Conselho Científico-Pedagógico, presidido pela investigadora Ana Sofia Reboleira e com elementos do ICNF, da Câmara de Santarém, do Agrupamento de Escolas de D. Afonso Henriques e dos Institutos Politécnicos de Santarém e de Leiria, que analisaram, previamente, a qualidade das comunicações apresentadas.

Este congresso foi organizado pelo Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, em parceria com a Câmara Municipal de Santarém, Junta de Freguesia de Alcanede, ICNF e sob orientação da Investigadora Ana Sofia Reboleira, professora associada da Universidade de Copenhaga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *