O novo Modelo de Governação do “Portugal Sou Eu”, que irá vigorar até 2020, foi assinado esta 4af, 30 de janeiro, na Golegã, na sede da Mendes Gonçalves, uma das primeiras empresas aderentes ao “Portugal Sou Eu”. O documento foi assinado pelo Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e pelos parceiros que integram o órgão operacional do programa. A cerimónia contou com as presenças do Secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, do Secretário de Estado da Economia, João Neves, e do Presidente da AEP, Paulo Nunes de Almeida, em representação dos parceiros. O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal para dinamizar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia. O programa é financiado pelo Compete 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. O Selo “Portugal Sou Eu” é atribuído aos produtos e serviços com base em critérios de incorporação nacional, marcas e patentes, emprego nacional e valor acrescentado nacional da empresa. Estão inscritas cerca de 3400 Empresas Aderentes e 1200 Estabelecimentos Aderentes. Estão qualificados com o Selo “Portugal Sou Eu” mais de 10 mil produtos e serviços que, no seu conjunto, representam um volume de negócios agregado superior a 12 mil milhões de euros. Foi ainda realizada uma visita à empresa que produz vinagres e tempêros , e é detentora da marca Paladin.

Marcelo Mendes

Ver Galeria de Fotos em Baixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *