Turismo do Alentejo / Ribatejo investe 350 mil euros para a dinamização do Enoturismo

 Comprometida em promover e qualificar o Enoturismo, contribuindo igualmente para o desenvolvimento da região, a ERT Alentejo e Ribatejo investiu cerca de 350 mil euros no projeto “Organização, Estruturação e Promoção Empresarial do Enoturismo no Alentejo e Ribatejo”. Esta iniciativa contou com o apoio financeiro da União Europeia e levou à criação de um cluster do setor na região, com base numa avaliação do tecido empresarial e análise das potencialidades existentes.

Numa parceria entre as entidades do Turismo e do Vinho do Alentejo e do Ribatejo, o projeto abrangeu globalmente 100 agentes de enoturismo, entre o Alentejo e a sub-região da Lezíria do Tejo, que, pela primeira vez, se uniram numa ação coletiva concertada com o objetivo de definir uma estratégia integrada da atividade na região, bem como de implementar ações de capacitação empresarial junto dos gestores de enoturismo.

O projeto levou ainda ao desenvolvimento de um conjunto de materiais promocionais que posicionam a região do Alentejo e Ribatejo como um dos melhores destinos de enoturismo, como é o caso de filmes promocionais temáticos e guias de enoturismo. Editados pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e desenvolvidos em parceria com Associação de Produtores de Vinhos da Costa Alentejana (APVCA), Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo, estes guias estão divididos em dois volumes, um dedicado ao Alentejo, e o outro à região do Tejo. Contam com descrições pormenorizadas de cada produtor, informação relativa às castas e também referências históricas sobre a família e o património do produtor, para além de informação geral sobre a oferta enoturística da região. Foi igualmente desenvolvida uma análise integrada ao posicionamento digital, para uma presença mais eficaz neste canal.

Para António Ceia da Silva, Presidente da ERT Alentejo e Ribatejo, “Este projeto tem uma enorme relevância para a região. Acreditamos que a qualificação na prestação de serviços e a capacitação empresarial dos produtores, terão um importante efeito económico multiplicador no Alentejo e Ribatejo durante vários anos”.

 

Sendo considerado um destino turístico por excelência a nível mundial, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, no ano de 2018 o Alentejo foi a região do país que mais cresceu nos mercados internacionais – mais de 7% face a 2017 –, tendo ultrapassado, pela primeira vez, a barreira do milhão de hóspedes. Resultados mais recentes indicam quem em janeiro de 2019, este destino foi também o que mais cresceu em termos de dormidas globais (19%).

Neste link podem descarregar os dois guias:

Guia Enoturismo Alentejo

https://visitalentejo.pt/pt/guia-de-enoturismo/

Guia Enoturismo Ribatejo

https://visitribatejo.pt/pt/guia-de-enoturismo/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *