Anúncio dos vencedores da Maratona Fotográfica 2019

 “Vamos fotografar o nosso património religioso”

O Município da Chamusca acaba de anunciar os oito participantes vencedores do concelho, no âmbito da 1ª edição da Maratona Fotográfica “Vamos fotografar o nosso património religioso”. Esta iniciativa teve como principais objetivos valorizar e promover o património religioso da região, assim como fomentar, reconhecer e premiar a criatividade fotográfica dos participantes.

O concurso dirigiu-se à comunidade escolar e adultos em geral, tendo sido dividido em três escalões dos quais, o primeiro escalão corresponde aos alunos de 1.º e 2.º ciclo do Ensino Básico, o segundo escalão aos alunos de 3.º ciclo do Ensino Básico e alunos do Ensino Secundário, e o terceiro e último escalão os alunos do Ensino Superior e adultos em geral.

Os vencedores são:

Primeiro escalão:

1.º lugar – Miguel Carrinho: “Aguenta, está pesada a cruz”
2.º lugar – José Carrinho: “Sono profundo”

Segundo escalão:
1.º lugar – Francisco Jesus: “Sozinhos no meio da tempestade, Ele veio para nos salvar”
2.º lugar – João Coelho: “O brotar da religião”
3.º lugar – João Pedro Imaginário: “Cruz de Jesus Cristo na Igreja Matriz da Chamusca”

Terceiro escalão:
1.º lugar – Elizete Carrinho: “Senhora do Ó, de nós tem dó!”
2.º lugar – Rosário Sousa: “Anjo Negro”
3.º lugar – Luís Carlos Silva: “Muda-se o tempo, mudam-se as vontades”

Recorde-se que este projeto artístico e cultural foi lançado em dezembro do ano passado, pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Lezíria do Tejo (RIBLT), aos quais se juntaram os concelhos de Entroncamento e Torres Novas e o Centro de Informação Europe Direct Oeste e Lezíria do Tejo.

Numa autêntica maratona, foram muitos os participantes que aceitaram o desafio e durante 24 horas, tiveram a possibilidade de fotografar o património religioso local de 13 municípios do distrito de Santarém, nomeadamente Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Entroncamento e também Torres Novas.

De acordo com o Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado trabalhar a inclusão foi o principal objetivo desta iniciativa, potenciando o direito de aprendizagem igualitária através da partilha de diferentes saberes e culturas, ao mesmo tempo que se impulsiona a valorização do património local religioso, tão rico e com tanta história para nos contar. Muitos parabéns aos vencedores e um obrigado a todos os que participaram nesta iniciativa”.

Devido à atual situação Covid-19, a inauguração da exposição fotográfica, que terá os trabalhos vencedores expostos, foi adiada. A nova data será comunicada posteriormente, bem como o anúncio da fase de concurso intermunicipal, na qual os participantes se habilitam aos Grandes Prémios Finais, gentilmente oferecidos pela FujiFilm.

Link para vídeo com depoimentos dos premiados sobre a experiência de participar nesta maratona:

https://www.facebook.com/chamusca/videos/3081860405171935/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *