A 36ª Edição do Festival Nacional de Gastronomia abriu as portas ao público no dia 21 de Outubro, pelas 12 horas ainda com os trabalhos de montagem das tasquinhas em curso e sem as ementas prontas para consulta, conforme se queixaram os proprietários dos espaços.

Às 18 horas deu-se início à abertura oficial do Festival com as presenças de ilustres convidados, salientando-se o Senhor Presidente da Entidade Regional de Turismo Alentejo/Ribatejo, Dr. Ceia da Silva que enalteceu as nomeações a Património Imaterial da Humanidade já atribuídas ao Cante e à arte dos chocalhos e referindo a candidatura já em preparação do Fandango. O Sr. Presidente da Câmara de Santarém, Dr. Ricardo Gonçalves, discursou seguidamente referindo-se às inovações do festival nesta edição e por fim o Senhor Secretário de Estado das Pescas, Dr. José Apolinário, sublinhou a importância do tema deste certame ser os “sabores do Mar” do litoral ao sul. Este ano, o público não pode degustar os sabores do sul uma vez que esta edição não conta com a presença dos restaurantes algarvios.

Por fim, o rancho folclórico do Vale de Santarém exibiu um fandango a dois pares que agradou ao público presente.

A cerimónia terminou com uma visita ao recinto do Festival por entre os visitantes que, pela hora tardia, já experimentavam os sabores do mar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *