Dois mil alunos do 9º ao 12º ano participaram no Fórum Estudante Ourém 2017, uma iniciativa do Município de Ourém em parceria com o Contrato Local de Desenvolvimento Social 3G (CLDS3G), estabelecimentos de ensino de todo o concelho e o Projeto de Empreendedorismo Social Inspiring Future. Ao longo de todo o dia 10 de janeiro os alunos tiveram a oportunidade de contactar diretamente com instituições do ensino superior. Além disso tiveram a oportunidade de participar nas diversas atividades levadas a cabo pelos estabelecimentos de ensino e nas várias palestras e workshops sobre várias temáticas.

No total participaram 38 instituições de todo o país e 10 entidades do concelho (Agrupamento de Escolas de Ourém, Agrupamento de Escolas Cónego Dr. Manuel L. Perdigão – Caxarias, Agrupamento de Escolas Conde de Ourém, Centro de Estudos de Fátima, Colégio do Sagrado Coração de Maria, Colégio de São Miguel – Fátima, CLDS 3G Ourém, Escola de Hotelaria de Fátima, Escola Profissional de Ourém e Conservatório de Música de Ourém e Fátima).

Na abertura do Fórum Estudante, Paulo Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Ourém manifestou “um grande orgulho por podermos organizar esta iniciativa cujo público-alvo são os nossos jovens” destacando a oportunidade de conhecerem a oferta formativa proveniente de todo o país.

Paulo Fonseca destacou a importância do acesso ao conhecimento e à informação na tomada de decisão, afirmando que a “vida de cada pessoa é como uma casa, assente em quatro pilares. O primeiro é a família e os amigos, que deve ser cuidado; o segundo a nossa terra, onde devemos manifestar o nosso apoio e de onde vem o nosso ADN; o conhecimento, que constitui uma grande oportunidade para decidir e trilhar passos; e também os sonhos, que são absolutamente fundamentais para encontrarmos aquilo que é o desígnio da nossa vida”.

Na ocasião dirigiu uma palavra especial às dez entidades do concelho que participaram nesta iniciativa, destacando a sua oferta “multifacetada, rica, diversa e reconhecida”. Frisou ainda o trabalho conjunto onde “falamos a uma só voz, envolvidos numa estratégia comum, que responde às apetências dos nossos jovens, às necessidades do mercado e do desenvolvimento económico e social e à definição de um caminho de progressão que seja cada vez mais evoluído para a satisfação do nosso concelho.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *