Já são conhecidos o número e os nomes dos restaurantes nacionais que aderiram ao Tejo Gourmet, o Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo que este ano chega à 10.ª edição. Com participações de norte a sul do país e ilhas, são 63 os aderentes desta que é uma iniciativa promovida a duas pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) e pela Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo, e que vê o número recorde – atingido na última edição – ser ultrapassado em uma mão cheia de inscritos.

De 01 de Fevereiro a 31 de Março é tempo de viajar pela “Rota do Tejo Gourmet” para provar e desfrutar dos menus vínicos criados especialmente para o Tejo Gourmet 2022. Composto por entrada, prato e sobremesa é, como não podia deixar de ser, harmonizado, a cada momento, com diferentes Vinhos do Tejo. Para além da avaliação feita pelos comensais, caberá a um painel de jurados, composto por quatro profissionais em cada visita, pontuar a gastronomia, os vinhos e a harmonização.

Estamos bastante satisfeitos com a adesão a esta edição do Tejo Gourmet, o que vem confirmar o espaço que este nosso Concurso já ocupa no panorama nacional. Conta já com uma dezena de edições – com esta incluída – o que tem, sem dúvida, ajudado a afirmar os Vinhos do Tejo dentro e fora da região. Se na primeira edição aderiram 22 restaurantes, apenas da região dos Vinhos do Tejo, na última, em 2019, o número subiu para 58 e, este ano, para 63 restaurantes, neste que foi salto triplo, a contar da génese.”, afirma Luís de Castro, Presidente da CVR Tejo.

Teresa Batista, da Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo, destaca o facto desta edição ter “muitos restaurantes novos – 34 debutantes – e oriundos de localidades em estreia, como Matosinhos, Lousã, Figueira da Foz, Charneca da Caparica, Óbidos, Belver, Loulé e, no Ribatejo, Constância, Vila Nova da Barquinha e Fazendas de Almeirim. O Ribatejo é, como seria de esperar, a região que mais restaurantes inscreve, num total de 23, sendo que Santarém leva vantagem nas novidades, até porque a cidade scalabitana está a desenvolver-se bastante nesta vertente. Pela primeira vez há restaurantes dos Açores; são quatro e concentrados na Ilha do Pico. A Madeira inscreve mais um, com cinco ao todo. Temos mais restaurantes de hotéis, restaurantes com uma cozinha mais diversificada e onde a fasquia da qualidade é, também, mais elevada. Da região dos Vinhos do Tejo, são 5 os restaurantes que participam em todas as edições, em igual número há também aqueles que voltaram a concorrer.”.

Recorde-se que o Tejo Gourmet tem como objectivo promover os Vinhos do Tejo – só e apenas os que enverguem selo de garantia de qualidade e certificação DOC do Tejo ou IG Tejo, atribuído pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo –, aumentando a sua oferta nas cartas vínicas, ao mesmo tempo que premeia e divulga os restaurantes, através das harmonizações entre os seus pratos e os néctares desta região vitivinícola. Criado em 2010, começou por ser um concurso de âmbito regional, passando, em 2012, a contemplar os restaurantes de lés-a-lés de Portugal. Esta mudança contribuiu para o seu crescimento, quer em qualidade, quer em quantidade no que diz respeito ao número de restaurantes participantes.

O Tejo Gourmet premeia ‘O Melhor Restaurante’ em absoluto, do Concurso, assim como as categorias: ‘Melhor Entrada’; ‘Melhor Prato Principal’; ‘Melhor Sobremesa’; ‘Melhor Carta de Vinhos’; ‘Melhor Promoção’; ‘Restaurante Revelação’; ‘Melhor Casa de Petiscos’; ‘Melhor Cozinha Tradicional’; ‘Melhor Cozinha de Autor’; e ‘Melhor Cozinha Internacional’. São ainda entregues diplomas de prata e de ouro. O anúncio e entrega dos prémios acontecem por ocasião da Gala Vinhos do Tejo, marcada para o dia 28 de Maio.

10.ª Edição TEJO GOURMET – Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo

Lista dos restaurantes participantes:

• A Casa do Avô (Guia, Albufeira)

• A Lúria (Portela de São Pedro, Tomar)

• A Toca do Coelho (Usseira, Óbidos)

• A Varanda do Parque (Santarém)

• Adega Açoriana – Tapas & Wine House (Pico, Açores)

• Alecrim.com (Funchal, Madeira)

• Almourol Restaurante (Tancos, Vila Nova da Barquinha)

• Amassa (Santarém)

• Atual Restaurante (Silveira, Torres Vedras)

• Aveiramariscos (Aveiras de Cima)

• Beef & Wines (Funchal, Ilha da Madeira)

• Belpaço (Tomar)

• Black Frog Restaurante & Gin House (Santarém)

• Burro Velho (Batalha)

• Café Alentejo (Évora)

• Capriola – Hotel Lusitano (Golegã)

• Casa Chef Victor Felisberto (Alferrarede, Abrantes)

• Casa de Pasto “A Regional Valonguense” (Valongo)

• Chalet Vicente (Funchal, Madeira)

• Clube Naval de São Roque do Pico (Pico, Açores)

• Cordel Maneirista (Coimbra)

• Danidoce Marisqueira (Alpiarça)

• De’gustar (Torres Novas)

• DiGusto (Santarém)

• Dom Joaquim (Évora)

• Dona Laura – Tapas e Vinhos (Évora)

• Genuinu’s (Aveiras de Cima)

• InPar Restaurante by Aroeira Lisbon Hotel (Aroeira, Charneca da Caparica)

• Mãe – Cozinha com Amor (Lisboa)

• Magma (Pico, Açores)

• Magna Carta – Wine & Food (Paredes da Vitória, Pataias)

• Mensa – Hotel Le Malibu Foz (Figueira da Foz)

• No Tacho (Coimbra)

• O Castelo (Belver)

• O Cavalo do Sorraia (Alpiarça)

• O Convite – Dom Gonçalo Hotel Spa (Fátima)

• O Febra (Almeirim)

• O Picadeiro (Tomar)

• O Poço do Zé (Casais de Santa Helena, Caldas da Rainha)

• O Rochedo (Pico, Açores)

• Oh!Vargas (Santarém)

• Palhinhas Gold (Rio Maior)

• Papa Figos (Torres Novas)

• Pátio da Graça (Santarém)

• Petiscaki (Montemor-o-Novo)

• Petrarum Domus Bar Restaurante (Óbidos)

• Pirá Cevicheria (Loulé)

• Praça – Hotel República (Tomar)

• Roots (Torres Vedras)

• Sabores de Az (Funchal, Madeira)

• Stop (Vila Nova da Barquinha)

• Taberna Lusitana (Matosinhos)

• Taberna Portuguesa 1865 (Rio Maior)

• Taberna Zé Cristino (Urqueira, Ourém)

• Tasko d’Adega (Fazendas de Almeirim)

• Taverna 1488 (Constância)

• Taverna Antiqua (Tomar)

• Taxiko Tapas (Funchal, Madeira)

• Triangular – Hamburgueria Artesanal (Évora)

• Villa Lausana (Lousã)

• Vintage (Pombal)

• Wish Restaurante & Sushi (Porto)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.