AM&JG, Sociedade de Advogados promove conferência com apoio de Câmara de Chamusca

Chamusca, 21 de Fevereiro – O Município de Chamusca organiza a conferência “A Importância da Propriedade Industrial para o Desenvolvimento Regional”, com a Sociedade de Advogados Alves Mendes, Jardim Gonçalves & Associados, RL. O evento terá lugar no dia 6 de Março a partir das 09h00 no Cineteatro da Chamusca.
Dividida em três painéis serão abordados os seguintes temas: “Exemplos Regionais de Aplicação de Novas Tecnologias”, “Investimento, inovação e proteção dos direitos de propriedade industrial” e “Impacto ambiental das novas tecnologias nas zonas rurais e regime fiscal aplicável a pequenas e médias empresas na área da propriedade industrial e novas tecnologias”.
A conferência conta com a presença de convidados de várias empresas do Ribatejo, de entre as quais destacamos: Paulo Queimado, Presidente da Câmara Municipal de Chamusca, que fará o discurso de abertura; Cátia Martins, Diretora de Produção SISAV; Dionísio Mendes, Presidente da Comissão Executiva da RETECORK – Rede Europeia de Territórios Corticeiros; João Coimbra, Administrador da Quinta da Cholda; Francisco Oliveira, Presidente da Empresa Águas do Ribatejo; Abílio Pereira, Engenheiro da Quinta da Lagoalva; Rui Igreja, ACHAR – Associação de Agricultores de Charneca; Pedro Cilínio, Diretor do IPAMEI para a área dos incentivos; Márcia Martinho da Rosa advogada da AM&JG, Sociedade de Advogados, RL e agente oficial da propriedade industrial; José António Alves Mendes, sócio da AM&JG, Sociedade de Advogados, RL; Margarida Saquete, Advogada do grupo EGEO, José Pereira da Costa, advogado da AM&JG, Sociedade de Advogados, RL. O encerramento da conferência ficará a cargo de José Carlos Caldeira, Presidente da Agência Nacional de Inovação.
A questão da propriedade industrial tem cada vez mais relevância em virtude do fenómeno da globalização, ao qual estão sujeitas as empresas. O nível concorrencial tende a ser cada vez maior e em sectores cada vez mais diversificados. Cada empresa tem como objetivo destacar-se no meio empresarial onde atua, desenvolvendo fatores de sucesso na sua actuação nos mercados, estimulando assim a sua competitividade e internacionalização.
Para Márcia Martinho da Rosa advogada da AM&JG, Sociedade de Advogados, RL e agente oficial da propriedade industrial: “Num mundo globalizado, as novas tecnologias nas empresas desempenham um papel preponderante, sendo um factor de distinção no mercado.
A propriedade industrial tendo como função garantir a lealdade da concorrência, atribuindo direitos privativos como são as marcas, patentes, modelos de utilidade, desenhos ou modelos, logótipos e denominações de origem e indicações geográfica, assume uma extrema importância na política de gestão de uma empresa.
A nível regional o factor da diferenciação é essencial pois a maioria das empresas actuam predominantemente no mesmo mercado, existindo um maior risco de práticas desleais entre elas.
Uma protecção de marcas, patentes, logótipos e outros direitos de propriedade industrial como os já referidos, é de extrema importância nas empresas, na medida em que estas garantem uma maior segurança no investimento e na sua atuação no mercado.”
Segundo Paulo Queimado, Presidente da Câmara Municipal de Chamusca, “ter uma conferência sobre este tema na Chamusca é uma forma de dar a conhecer às empresas como podem proteger a sua propriedade industrial, como por exemplo as suas marcas e patentes.”

Programa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *