O Município de Ourém definiu um plano de recuperação para o Centro Histórico de Ourém que identifica as diferentes “patologias” existentes e as estratégias de intervenção necessárias para preservar o património histórico oureense.
Este plano de recuperação surge no seguimento de outras obras já realizadas como a recuperação de calçadas e da cripta da Igreja Colegiada de Ourém, a reposição de sinalética e a beneficiação da galeria municipal e do espaço “Ucharia do Conde”. Nesta nova fase, o plano de ação contempla limpeza de vegetação, remoção de entulhos e a consolidação e reconstrução de muros e calçadas. As intervenções em espaço público serão realizadas pelos serviços da autarquia e da empresa municipal OurémViva e as ações em domínio privado serão da responsabilidade dos proprietários. Neste contexto, o Município de Ourém irá promover uma reunião com os proprietários e os representantes da Junta de Freguesia de Nª Sr.ª das Misericórdias, da paróquia e da Fundação Casa de Bragança para apresentação em pormenor do plano de recuperação.
O objetivo fundamental será preservar o centro histórico contrariando a degradação existente em determinados pontos, mas também, regularizar situações que representem perigo para a segurança dos visitantes da Vila Medieval de Ourém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *