A cidade de Santarém vai ser, durante o mês de abril, um grande centro desportivo, a nível nacional e internacional. Em conferência de imprensa realizada no dia 4 de Abril na Câmara Municipal de Santarém (CMS), foram apresentados os diversos eventos que irão decorrer na cidade escalabitana.
O primeiro orador da sessão foi António Valente, presidente do conselho de administração da VIVER Santarém, empresa que gere os recintos onde as atividades vão decorrer e que é parceira na organização das mesmas. Depois de agradecer aos clubes as iniciativas desportivas, António Valente afirmou que sem trabalho e empenho estas não seriam possíveis, garantindo, a finalizar, que tanto a empresa que preside como a CMS estão de portas abertas para as apoiar mas “sempre dentro das limitações orçamentais”.
A primeira prova a ser apresentada foi a qualificação para a Gymnaestrada 2015, que decorrerá nos dias cinco e seis de abril, no gimnodesportivo de Santarém. A apresentação ficou a cabo de Luís Cordeiro, que explicou que as provas serão no sábado e domingo de manhã, realçando que cada dia terá a participação de cerca de 600 atletas (individuais e por equipas) que tentarão convencer o júri de que são os merecedores de defender a nossa bandeira na prova que decorrerá no próximo ano, na Finlândia.
Nos mesmos dias e no mesmo local decorrerá o Torneio Ribatejo, em ténis, organizado pelo Clube Ténis Santarém. Hélio Duque, representante desta associação desportiva, explicou que a prova se divide em dois escalões, sub-12 e sub-16, e que contará com mais de 40 participantes. “Esta é uma clara aposta nas camadas jovens”, realçou, antes de admitir, com satisfação, que o sucesso da prova e dos jovens que nela participam “obriga” a que se continue a realizar.
Outra iniciativa, esta entre os dias 10 e 13 de abril, será a Andebol Cup, organizada pelos Caixeiros de Santarém. José Branco foi quem apresentou a 3ª edição do torneio e admitiu que “só trabalhando com parcerias é possível sustentar toda a logística envolvida”. Os objetivos do certame são “dar novas experiências competitivas aos jovens e criar uma imagem da cidade através de um torneio de referência”. O cartaz do torneio de 2014 tem a imagem da Torre das Cabaças, facto explicado com a vontade de associar a competição à cidade.
José Branco apresentou uma novidade para a edição deste ano: no dia 12 haverá uma ação de formação para treinadores (paga pelas inscrições das diversas equipas), que contará com a presença de Paulo Fidalgo, selecionador sub-21 de Portugal e de dois técnicos espanhóis.
O torneio contará com 24 equipas, onde se destacam o Benfica, o Sporting, o Águas Santas e o ABC, 380 praticantes, 50 árbitros e dirigentes e 59 jogos.
A exposição seguinte coube a António Torres, presidente da Associação Académica de Santarém, que apresentou a Santarém Cup, um torneio de futebol de 7, que tem como objetivo promover a região e retribuir às outras equipas os convites endereçados à Académica para participar nas competições organizadas pelas mesmas. O evento contará com 48 equipas, cerca de 600 atletas e três estádios (Chã das Padeiras – Santarém; Escola Agrária – Santarém; Campo de Futebol “El Galego” – Moçarria). Estarão representados 29 clubes (FC Porto e Sporting incluídos) e 10 Associações de Futebol. Os padrinhos do torneio serão Jaime, jogador do Beira-Mar formado na Académica, Rui Duarte, jogador do Olhanense, Abel Xavier, ex-internacional português, e Aurélio Pereira, “senhor formação” do Sporting.
Estarão em prova três escalões (sub-10, sub-11 e infantis) e haverá prémio para os quatro primeiros classificados, para o melhor jogador, marcador e guarda-redes.
Outro torneio de grande destaque será o 11º Torneio Cidade de Santarém, em hóquei, organizado pelo Hóquei Clube de Santarém, nos dias 18 e 19. “Pela primeira vez, será um torneio não internacional, pois as equipas espanholas desistiram por falta de verbas”, lamentou Francisco Maurício, responsável pela apresentação da prova. Os objectivos são a divulgação do hóquei de Santarém, provar a qualidade do clube e dar experiência aos atletas com clubes extra-Ribatejo.
A prova tem como pontos fortes a pontualidade das cerimónias e jogos, bem como de algumas equipas de renome, caso do Benfica nesta edição. “Serão 12 clubes, 22 equipas e 31 jogos”, relatou Francisco Maurício.
Uma iniciativa mais jovem é a Scalabis Night Race, organizada pelos Scalabis Night Runners, que terá apenas a sua 2ª edição este ano, no dia 19. Nuno Calvo e João Almeida, escolhidos para apresentar a prova, estão à espera de 2000 atletas em 2014. “A competição está associada ao 25 de abril e está dividida na Kids Race, onde esperámos ter 200 crianças, a Caminhada de 5 km e aprova principal de 10 km”, explicaram. Carlos Sá, ultramaratonista português, apadrinha a prova, que tem como objectivo “encher as ruas de amarelo”.
A última prova a ser apresentada foi a Scalabis Cup, organizada pelo Ginástica Clube de Santarém, que foi representado por Fernando Gaspar, e que decorrerá entre dois e cinco de julho. “É a Competição Internacional de Ginástica de Trampolim e esta será a 3ª edição”, explicou o técnico. A competição terá 500 ginastas, 42 delegações (25 estrangeiras) e 11 países representados. “Já garantimos 45 minutos de antena no magazine e ginástica da RTP2 e 45 minutos na Bola TV, mas o maior trunfo é que vamos transmitir o certame em Live Web Broadcasting, pois a procura é grande”, afirmou Fernando Gaspar, antes de revelar que todo o material usado é novo e que estarão presentes as quatro modalidades de competição em trampolim.
Já depois de António Valente ter pedido a palavra para parabenizar o trabalho dos dirigentes e realçar o orgulho que tem nos clubes, tomou a palavra a vereadora do Desporto Inês Barroso, que realçou que a organização de todas estas provas é “a prova viva do orgulho escalabitano”. “Não deve existir nenhuma cidade com esta vitalidade nos clubes, por isso parabéns aos mesmos”, afiançou ainda, para depois revelar que a crise obriga a que se desenvolva a cooperação entre todos, para que seja possível realizar todas estas iniciativas.
A terminar, a vereadora informou que no dia seis de abril haverá, no Jardim da Liberdade, uma série de atividades físicas como forma de comemorar o Dia Mundial da Atividade Física. “Quisemos juntar-nos a este autêntico mês do desporto”, concluiu sorridente Inês Barroso.

Vitor Madeira

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *