Festa do Vinho encheu as adegas de Alcanhões

A décima Festa do Vinho de Alcanhões realizou-se no passado dia 23 de março, a par do 14º Concurso de Tocadores.

A receção aos convidados foi feita na Junta de Freguesia local, na presença de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Idália Serrão e Nuno Serra, deputados, António Carmo e Maria Teresa Azoia, vereadores da Câmara Municipal, Pedro Mena Esteves, Presidente da Junta de Freguesia de Alcanhões e Ricardo Costa, Presidente da Junta de Freguesia de S. Vicente do Paúl.

Esta festa, que conta com uma rota pelas diversas adegas aderentes, “tem como objetivo principal a promoção do vinho de Alcanhões, servindo também para que as pessoas conheçam as adegas e os “rostos” destas”, segundo Pedro Mena Esteves, Presidente da Junta de Freguesia de Alcanhões.

Para o Presidente da Câmara de Santarém, “esta é uma festa que tem vindo a melhorar; é uma festa de apego à terra, uma festa representativa do que é uma cultura popular. Alcanhões tem a única adega cooperativa do nosso concelho e esta festa também é representativa dessa idiossincrasia própria com o vinho”.

Foram a concurso treze produtores, com vinhos brancos e tintos, analisados por cinco provadores. José Rodrigues, o engenheiro porta-voz dos provadores, deixou alguns concelhos para continuar a dignificar o vinho de Alcanhões, “não abdiquem dos vinhos brancos; são mais difíceis, exigem mais investimento, mais tecnologia, mas existem sinais indicativos de que o seu consumo vai aumentar”. Segundo os provadores, “deverá haver um melhoramento na higiene, principalmente nos vinhos brancos, uma vez que este significa uma melhoria substancial na qualidade aromática, em termos de alguns aromas desagradáveis”. Por outro lado, “o dióxido de enxofre nunca deve ser aplicado durante uma fermentação”. Em relação aos vinhos tintos têm excelentes cores e excelente qualidade. “É uma região que tem uma tipicidade que não deve ser perdida, principalmente nos vinhos tintos; esta é uma mais-valia de Alcanhões”, concluiu José Rodrigues.

A visita às adegas, animada pelos tocadores, terminou na Adega Cooperativa de Alcanhões onde foram entregues os prémios para os três melhores vinhos branco e tinto. Na categoria de vinhos brancos, o vencedor foi Marco Durão, ficando Duarte Durão e Adega Cooperativa de Alcanhões em segundo e terceiro lugar, respetivamente. Nos vinhos tintos, a Adega Cooperativa de Alcanhões ficou em primeiro, José Cândido em segundo e Marco Durão em terceiro.

A noite terminou com o décimo quarto Encontro de Tocadores com vários grupos de instrumentos tradicionais, na sala de ensaios do Rancho Folclórico de Alcanhões.

10ª-Festa-do-Vinho-(50)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *