Festas de São José e O Poder de Santarém – As Cortes apresentados

Decorreu hoje, pelas 11 horas, a apresentação dos eventos Festas de São José e O Poder de Santarém – As Cortes, numa conferência que decorreu na Casa de Portugal e de Camões e que contou com a presença de António Valente e Luís Arrais, membros do conselho de administração da empresa VIVER Santarém, que organiza ambos os certames, do vereador da CM Santarém António Melão e da coordenadora do projecto O Poder de Santarém – As Cortes Catarina Miriam.
António Valente, presidente do conselho de administração da VIVER Santarém, começou por agradecer a presença dos jornalistas, destacando depois a diversidade das Festas de São José, que decorrem entre 18 e 23 de março. “Vamos desde a tauromaquia à música”, realçou, exmplificando com a presença da orquestra típica scalabitana a acompanhar o tenor Carlos Guilherme, um dos nomes maiores desta vertente artística, no dia 22.
A terminar a sua intervenção, António Valente admitiu que o orçamento deste ano é menor mas que confia que Santarém terá umas festas “dignas”.
Já Luís Arrais, membro da administração da empresa, particularizou o dia da abertura, com David Antunes e Vanessa Silva e The Midnight Band e o dia 23, que trará, durante a tarde, cobertura televisiva ao evento, já que o Portugal em Festa, programa da SIC, será transmitido a partir do recinto do mesmo.
Também o dia 20 recebeu particular atenção de Luís Arrais pois irão actuar três bandas com origem no concelho de Santarém: uma banda de tributo aos Pearl Jam, os Vulture e os Vira Casaca. A terminar, o ênfase foi para a realização do 1º Concurso de Favas e Ervilhas, que decorrerá durante o certame.
De seguida tomou a palavra Catarina Miriam, coordenadora do projecto O Poder de Santarém – As Cortes, que decorrerá entre 28 e 30 de março, no Convento de São Francisco. Como destaques do envento foram referidos a Feira de Artesanato/ Mercado de Sabores, que decorrerá durante os três dias no convento e terá entrada gratuita e a representação teatral e desfile histórico do dia 28, que começará nas Portas do Sol e terminará no Convento de São Francisco e que contará com 30 figurantes. A grande novidade e atração do acontecimento será a ceia medieval, no dia 29. Esta é a única iniciativa que será paga, além de ter o limite de 100 pessoas.
A terminar a conferência o vereador António Melão, último interveniente da mesma, destacou também a diversidade como principal ponto forte das festas, antes de deixar um elogio, em tom curioso, ao facto do evento ter a presença da televisão: “Santarém já não tem um presidente que é figura televisiva mas a televisão estará presente”, ironizou António Melão.
A finalizar congratulou-se pelo projecto de As Cortes estar a ganhar o seu espaço na agenda cultural da cidade, destacando o facto do certame atrair, em tempo de crise, 55 expositores para o Mercado de Sabores e de Santarém conseguir valorizar “o seu enorme património e os locais emblemáticos”.

Vitor Madeira

DSCF0687 DSCF0692

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *