Festival Nacional de Gastronomia apresentado nos Paços do Concelho”.

 A 32ª edição do Festival Nacional de Gastronomia, sob o signo “Todos os Sabores de Portugal”, foi apresentado, hoje, dia 12 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A apresentação ficou a cargo de António Valente, vereador da autarquia com o pelouro do Turismo, Joaquim Rosa do Céu, presidente da Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo e por Manuel Rasteiro, enquanto coordenador técnico do Festival.

O vereador da Câmara de Santarém, António Valente, referiu que esta 32ª edição será uma versão um pouco mais reduzida porque “como é evidente a Associação do Festival Nacional de Gastronomia não está alheia ao contexto atual e entendemos que deveríamos também encaminhar por esta solução de encurtar um pouco o festival para reduzir os custos e também na espectativa que, apesar da crise, de todos estes condicionamentos que conhecemos, os portugueses e os nossos amigos espanhóis, que nos últimos anos se habituaram a vir a Santarém neste altura para degustar o melhor que existe na cozinha portuguesa, o possam continuar a fazer”.

António Valente referiu ainda que o formato desta edição do Festival se mantém, aproximando-se daquilo que tem sido o formato do Festival dos últimos anos, sendo os almoços temáticos, que tinham lugar no salão nobre, a única exceção.

Joaquim Rosa do Céu, presidente da Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, referiu que o Festival Nacional de Gastronomia é um festival que honra uma tradição, que é uma tradição impulsionadora do que foram sucessivas festividades e demonstrações gastronómicas que ocorrem hoje por todo o país. “Este festival honra a cidade de Santarém, honra o Ribatejo”.

Rosa do Céu disse que os almoços temáticos vão ser substituídos pela presença das entidades em dia de cada uma delas com o restaurante de cada entidade em termos territoriais presentes no átrio da Casa do Campino. “O nosso objectivo é que as pessoas venham ao festival, que continuem a reconhecer o Festival Nacional de Gastronomia como o grande acontecimento gastronómico do País”.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *