O Ministro da Agricultura, Desenvolvimento Rural  e Florestas, Luis Capoulas Santos,  inaugurou no passado sábado dia 10 a 54ª Feira Nacional de Agricultura / 64ª Feira do Ribatejo, evento que decorre até dia 18 de junho no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e que tem como central “Os Cereais de Portugal”.

Durante mais de duas horas, o Ministro da Agricultura, visitou vários espaços, provou inúmeros produtos e cumprimentou os muitos visitantes que se deslocaram ao primeiro dia da maior e mais antiga feira do setor Agrícola.

No âmbito da visita, em declarações à Comunicação Social, o responsável pela pasta da Agricultura mostrou grande satisfação pela escolha dos “Cereais de Portugal” para tema do evento e disse que esta área também é uma prioridade para o Ministério. “Temos condições para olhar para nichos de mercado interessantes e de qualidade, além de delinear uma estratégia para o aumento da produção com as associações do sector”, afirmou.

O Ministro  disse estar muito “optimista com a representação dos agentes económicos e com o ambiente de grande expectativa e confiança que encontrou na maior feira agrícola do país, que caracteriza bem o dinamismo e é o reflexo de um sector que está a crescer”.

O primeiro dia da Feira Nacional de Agricultura também contou com as presenças do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luis Medeiros Vieira, do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Amândio Torres, do Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Ferreira, e do Secretário Regional dos Açores, João Pontes.

O Secretário Geral da UGT, Carlos Silva , esteve também na Feira Nacional de Agricultura, e teve ocasião para contactar com os expositores e com o público que esteve presente em grande número.

Recorde-se que a feira contempla áreas de referência ao mundo rural e agrícola, com especial destaque para a zona de maquinaria agrícola, a mostra de agro-pecuária, artesanato e gastronomia, o mundo do espectáculo e da promoção dos valores tradicionais, com as típicas largadas de toiros, desfiles e provas de campinos, actividades equestres, música popular e tradicional.

A Feira Nacional de Agricultura (FNA) oferece inúmeros motivos para uma visita de lazer ou de negócio: para as famílias que procuram descontração e animação o evento pontua pela qualidade da gastronomia e do artesanato, pela oportunidade de contacto direto com animais e pelos variados espetáculos ao vivo, sendo também uma excelente local para os visitantes adquirirem produtos alimentares de todas as regiões do país.

Para os profissionais que pretendem estabelecer negócios e parcerias a Feira é o mais importante ponto de encontro do setor agrícola nacional, indispensável a quem pretende trocar experiências, debater problemas ou refletir sobre o futuro.

No âmbito da pecuária, as provas equestres estarão uma vez mais em destaque com a realização de várias provas como o 7º Concurso Nacional da Égua Afilhada, o 24º Concurso de Coudelarias Portuguesas, o Concurso de Dressage Nacional ou a Apresentação do Cavalo de Sela.

Na área dedicada ao Salão Prazer de Provar realce para o Espaço de Cozinha com a ação “Prazer de Provar… Premiados”, iniciativa que vida dar a conhecer alguns dos melhores produtos medalhados nos vários Concursos Nacionais que decorreram no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, de novembro de 2016 a  maio de 2017.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *