Mês da Enguia de 15 de maio a 15 de junho no Concelho de Salvaterra de Magos

Decorreu na manhã de ontem, no Espaço Jackson em Glória do Ribatejo, a apresentação da edição deste ano do Mês da Enguia, que por força do contexto pandémico na presente edição, a 25ª, transita de Março para 15 de Maio a 15 de Junho.

Com 16 restaurantes aderentes, o certame foi apresentado no renovado Espaço Jackson, inaugurado em agosto do ano passado, ganhando uma nova e premente utilidade para o concelho de Salvaterra de Magos no geral e para a localidade de Glória do Ribatejo em particular, fruto do investimento de cerca de 1,5 milhões de euros investidos na nova obra que congrega um auditório, a delegação da biblioteca municipal e o pátio das coletividades que junta todo o movimento associativo local.

A mesa da cerimónia oficial de apresentação contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Engº Hélder Manuel Esménio, também com o Dr. João Cavaleiro Ferreira em representação da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, contando também com a participação da Chef Noélia Costa em representação da Escola Profissional de Salvaterra de Magos.

Como habitualmente, aos restaurantes aderentes a Câmara Municipal na organização do certame junta também um conjunto de 5 exposições, 11 espaços de alojamento, 4 produtores de vinhos e de licores e 2 operadores turísticos que operam passeios no Tejo, a que se junta um programa de espetáculos com artistas do concelho.

Na sessão de apresentação, o Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio destacou que “Hesitámos muito em fazer o Mês da Enguia este ano porque ele não podia acontecer no mês de março, o mês tradicional do Mês da Enguia e porque não podíamos contar com a emblemática Feira Nacional de Artesanato e de Produtos Tradicionais, mas aquilo por que passaram os restaurantes e os operadores turísticos, tornou fundamental levarmos por diante este projeto”. Com o conhecimento da importância do certame para a economia do concelho, destacou ainda que o evento “permite promover e divulgar o concelho, o nosso património, as nossas gentes e por essa via trazer ao território um conjunto de pessoas que de outra modo não viriam até cá e isso criará certamente um “input” muito positivo para a economia local”

João Cavaleiro Ferreira, da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, por seu lado enalteceu o evento e a sua importância para ajudar a recuperação dos tempos difíceis que o sector atravessa, congratulando-se pela associação da Entidade de Turismo ao Mês da Enguia.

A Chef Noélia Costa, da Escola Profissional de Salvaterra de Magos, destacou que “O Mês da Enguia é uma das oportunidades maiores de promoção do turismo, dos restaurantes e das iguarias do concelho de Salvaterra de Magos, e que não devemos desperdiçar uma oportunidade como esta para relançar o setor, reconstruir a confiança do cliente e do próprio investidor”.

A vertente cultural é sempre uma componente importante no Mês da Enguia, e por esse facto o Presidente da autarquia destacou também que “O Mês da Enguia edição 2021 não esquece, apesar de todas as limitações, a cultura, os agentes culturais e a divulgação dos seus trabalhos, por isso vamos ter exposições e espetáculos musicais todos os sábados à tarde com músicos e bandas do nosso concelho”.

A programação do Mês da Enguia contempla a realização de espetáculos musicais em diferentes espaços e freguesias do concelho, aos sábados, pelas 15h30, com artistas e grupos do concelho, com lotação limitada e uso de máscara obrigatório:

15 de maio – Espetáculo com Rock2Night, na Casa do Povo de Muge;

22 de maio – Espetáculo com Five, no Mercado de Cultura de Marinhais

29 de maio – Espetáculo com Pedro e Bernardo Viana, na Capela Real em Salvaterra de Magos

05 de junho – Espetáculo com Flávio Bolieiro & Amigos, no Centro Escolar de Foros de Salvaterra e Várzea Fresca

12 de junho – Espetáculo com FMI, no Espaço Jackson, em Glória do Ribatejo

No dia 10 de junho, pelas 10h30, a Câmara Municipal irá inaugurar uma estatuária aos Combatentes da 1ª Guerra Mundial e da Guerra Colonial, no Largo dos Combatentes em Salvaterra de Magos, numa altura em que se assinalam 60 anos do início da Guerra Colonial.

As exposições que estarão patentes são:

– “Luz e Transparência em Salvaterra”, Aguarelas de João Cabral, na Galeria de Exposições da Falcoaria Real de Salvaterra de Magos;

– “Glória – Território, Património e Identidade”, no Átrio de Exposições do Espaço Jackson, Glória do Ribatejo;

– “A Raret e a Glória do Ribatejo – 70 anos da primeira retransmissão – 4 de julho de 1951” – exposição de exterior na Avenida Estados Unidos da América, Glória do Ribatejo;

– “Profissões d’Antigamente…O Fotógrafo”, na Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos;

– “Profissões d’Antigamente…O Resineiro”, no Mercado de Cultura de Marinhais.

Toda a informação relativa a restaurantes, alojamento, exposições e programação, está disponível no site do evento em www.mesdaenguia.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *