O Município de Ourém em articulação com as juntas de freguesia, agrupamentos escolares, instituições particulares de solidariedade social e instituições de enriquecimento curricular, celebrou no passado dia 20 de setembro vários protocolos que asseguram o normal funcionamento dos estabelecimentos escolares do concelho no decorrer do ano letivo 2012/2013.

Os protocolos em causa contratualizam serviços como refeições e transportes escolares e atividades de enriquecimento curricular, serviços que em anos transatos foram assegurados pouco tempo depois do término dos anos letivos. Este ano tal não foi possível já que a Lei dos Compromissos impediu a adjudicação de novas despesas pondo em causa o normal funcionamento dos estabelecimentos escolares.

O Presidente do Município de Ourém, Paulo Fonseca, sublinhou as contrariedades existentes e esclareceu que só foi possível assumir estes compromissos após a subscrição do Programa de Apoio à Economia Local (PAEL) que permite a realização de despesas prioritárias até um limite de 5 milhões e 300 mil euros.

Neste sentido, endereçou a todos os intervenientes neste processo “uma palavra de gratidão” já que “todos entenderam as dificuldades existentes e arregaçaram as mangas resolvendo os problemas em tempo recorde”. Sublinhou ainda a atitude de “extrema colaboração” que todos demonstraram pois “em tempos de dificuldades exige-se solidariedade e disponibilidade para ultrapassar os problemas.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *