Os sabores bracarenses viajam até Santarém, numa fusão entre gastronomia portuguesa e italiana

A 12 de Outubro e a propósito da iniciativa “Provar Portugal na Restauração de Santarém”, o restaurante “Torres” localizado na Ponte de São Vicente, em Vila Verde, Braga, visita Santarém, numa autêntica troca de sabores e iguarias. Juntam-se assim à mesa os sabores tradicionais portugueses do restaurante bracarense com os sabores italianos e japoneses do escalabitano “Di Gusto”.

“Torres” foi inaugurado em 1968, assumindo-se como uma casa de petiscos, onde todos eram bem-vindos. Mais tarde, em 1981, converteu-se num restaurante onde, até hoje, alia o conforto moderno e o acolhimento típico das casas gastronómicas nortenhas aos sabores tradicionais de uma boa cozinha. Possui um conjunto bastante vasto de especialidades, como os nacos de alcatra de vitela ou o arroz de lampreia, que fazem as delícias de quem por ele passa.

O “Torres” senta-se à mesa do “Di Gusto”, restaurante de comida italiana e japonesa, localizado no coração de Santarém. Apesar de não ser um restaurante de cozinha tradicional portuguesa, é um restaurante que prima pela aposta em produtos frescos e em pratos de grande qualidade. Tudo num espaço em que o staff é conhecido pela simpatia, num ambiente caracterizado por uma envolvência relaxante e acolhedora. 

Esta visita do “Torres” ao “Di Gusto” acontece no âmbito das celebrações dos 40 anos do Festival Nacional de Gastronomia, onde restaurantes representativos de diversas regiões do país visitam Santarém, dando a conhecer as suas iguarias em parceria com a restauração local, tendo em vista a promoção do município e da Viver Santarém.

Este evento marca o fim da iniciativa, sendo o último encontro marcado entre restaurantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *