4

João Pinto é o patrono do Tejo Cup 2014

Foi apresentado ontem dia 17 de Março o Tejo Cup 2014, torneio de futebol de inter-seleções regionais, que começará no dia 22 de março e terá epílogo no dia 1 de maio com a grande final. O patrono do torneio é João Vieira Pinto, ex-internacional português e actual director da Federação Portuguesa de Futebol (F.P.F.).
O primeiro orador da conferência de apresentação do certame foi Francisco Jerónimo, presidente da Associação de Futebol de Santarém (A.F.S.), que começou por agradecer a João Pinto o facto de ter aceitado associar-se a esta iniciativa da A.F.S., pois a sua presença “serve de grande motivação aos jovens, para que estes acreditem que é possível atingir os objectivos que perseguem”.
O nome Tejo Cup é explicado como “uma forma de fortalecer uma grande marca da região que é o Tejo, nem sempre bem dinamizada e aproveitada”. O dirigente referiu ainda que o torneio serve para valorizar o futebol distrital e que contará com 12 seleções, 200 jogadores (selecionados de um universo de 1.700 inscritos), 12 jovens equipas de arbitragem, envolvendo mais de 60 agentes desportivos, directores e funcionários da A.F.S., treinadores/ directores locais, massagistas e outros colaboradores.
A terminar, Francisco Jerónimo afirmou que “também é uma prioridade a divulgação e promoção da actividade comercial das empresas envolvidas na região”, acrescentando o desejo de que a competição seja “um grande torneio, onde impere o fair-play”.
De seguida tomou a palavra Maria Albuquerque, presidente da Comunidade do Médio Tejo, que começou por felicitar a A.F.S. pela comemoração dos seus 90 anos e pela organização desta iniciativa, afirmando ser um “privilégio” colaborar com a mesma. Além disso, afiançou que o futebol está, por norma, associado a grandes campeões e por isso a presença de João Pinto é lógica, defendendo que o ex-jogador é um “exemplo de cidadania”. A intervenção terminou com o desejo de que este evento perdure por mais 90 anos.
Já depois do presidente da Comunidade da Lezíria do Tejo, Pedro Ribeiro, focar que “o desporto nutre em si muitos valores e que contribui para uma sociedade melhor”, Rui Manhoso, vice-presidente da F.P.F., afirmou que esta iniciativa “tem de ser um orgulho para a A.F.S.”, apontando ainda que a grande base de trabalho da Federação é no Ribatejo e que a maioria das seleções sob a alçada da mesma são jovens, o que espelha a aposta na juventude.
A terminar, o dirigente garantiu à A.F.S. que se continuar a trabalhar desta forma terá a recompensa da F.P.F.. “Estamos atentos”, concluiu Rui Manhoso.
O patrono da prova, João Vieira Pinto, fechou a conferência, assumindo ser uma honra estar associado a este torneio, afirmando saber a importância destes eventos para os jovens. “É uma oportunidade de jogar, conviver e de se divertirem. Eu quando era jovem e participava nestes torneios nem dormia”, confidenciou. O ex-internacional luso alertou ainda que estas iniciativas também servem para “descentralizar o futebol nacional”, já depois de realçar que está sempre disponível para estes certames.
A finalizar, João Pinto agradeceu aos organizadores do torneio e desejou felicidades a todos os jovens envolvidos no Tejo Cup 2014.

Vitor Madeira

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *