epvt_ERASMUS

Na semana de 15 a 21 de outubro, três alunos e um professor da Escola Profissional do Vale do Tejo (EPVT), estiveram em Târgu Neamt, na Roménia, no âmbito do Programa Erasmus +, projeto KA 2 – “Learning to Undertake”.

Este projeto teve início em outubro de 2016 e prolongar-se-á até setembro de 2018. Envolve parcerias estratégicas entre cinco escolas europeias, promovendo partilha de práticas pedagógicas entre professores e intercâmbio de alunos para concretização de atividades formativas e de aprendizagem.

A primeira reunião transnacional ocorreu em novembro de 2016, na Suécia, conforme noticiado na altura, e contou com a presença de duas professoras da EPVT. Já o primeiro intercâmbio para atividades de aprendizagem de alunos, bem como a segunda reunião transnacional do projeto, foram em Bordéus (França), em fevereiro do corrente ano. Neste encontro, participaram cinco alunos e duas professoras da EPVT. Deste modo, têm vindo a ser concretizadas as ações com a finalidade de levar os alunos a aprender a criar uma empresa virtual, ligada ao setor do turismo.

Agora foi a vez da Escola Técnica Ion Creanga, da Roménia, ser anfitriã de mais um encontro transnacional e intercâmbio de alunos. Nesta etapa, os alunos trabalharam em conjunto para dar continuidade à criação da empresa virtual que, na sua perspetiva, visa a promoção turística das regiões onde as suas escolas estão inseridas. Os professores dos países participantes realizaram, também, mais uma reunião transnacional, efetuando um balanço do trabalho desenvolvido e planificando atividades futuras.

Os primeiros três dias da semana foram de integração e formação para os alunos, tendo nessa etapa assistido a apresentações várias sobre estudos de mercado, noções de negócio, noções de produto turístico, entre outras. No quarto dia, os alunos deslocaram-se até Iasi para assistir a uma palestra com professores universitários e empresários da área turística. Além disso, visitaram ainda o Palácio da Cultura de Iasi, onde puderam ficar a conhecer as exposições patentes e perceber o potencial turístico da zona.

O último dia foi dedicado à conclusão de trabalhos, tendo os alunos, divididos em equipas, partilhado o resultado do trabalho da semana e a sua visão do projeto com os seus pares e professores.

A EPVT incentiva os seus alunos a participar neste tipo de intercâmbios, pois considera que representam uma experiência muito enriquecedora, em diversos domínios. Para além da vivência de interculturalidade, estes projetos proporcionam, sem dúvida, a possibilidade de cada um desenvolver as suas competências pessoais, comunicacionais, linguísticas, relacionais e sociais, além da capacidade de trabalho em equipa, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *